Remédios para memória → Confira os mais vendidos do mercado

Com o passar dos anos, a capacidade de armazenar informações no cérebro tendem a diminuir. A ingestão de remédio para memória caseiros ajuda na melhora da memória e a na falta de atenção.

Como exemplo, podemos falar de dois: o chá de catuaba, que melhora a eficiência entre as sinapses nervosas; e o chá de alecrim com ginkgo biloba, que com o aumento da circulação sanguínea, melhora o funcionamento cerebral.

remédios para memória

Importante salientar que para doenças mais graves, se faz necessário o uso de remédio para memória prescritos por profissionais da área.

O que é este remédio para memória?

Muita atenção!
Os remédios para memória são indicados para quem necessita aumentar o poder de concentração, quem quer aguçar o raciocínio e a combater eventuais desgastes mentais. Visam também beneficiar a capacidade de armazenamento de informações no cérebro.

A falta de memória pode estar diretamente ligada à demência. Também perde a memória uma pessoa que teve recentemente um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A doença mais conhecida relacionada a perda de memória é o mal de Alzheimer. Uma doença neurodegenerativa que recebeu esse nome por conta do médico psiquiatra alemão, Aloysius Alzheimer, que foi o primeiro a descrever, a estudar e a publicar um caso da doença, isso em 1906.

remédio para memória

O TDHA, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, também é tratado com remédio para memória. Esse transtorno é caracterizado pela distração, agitação, impulsividade, desorganização e esquecimento.

Desorientação, a diminuição da concentração, uma dificuldade para armazenar informações e confusão mental são indícios de memória fraca e a falta de concentração, sintomas que precede as doenças mentais.

Ao sentir algum desse sinal, o ideal é procurar um médico para que ele possa indicar o melhor tratamento a seguir com remédio para memória.

Veja muito mais!

Por que o cérebro começa a falhar?

Os lapsos de memória podem ser ocasionados por vários fatores, como:

remedios para alzheimer

  • Dormir bem é muito importante, deve-se evitar noites mal dormidas, pois prejudicam os neurônios;
  • A falta de oxigenação sanguínea;
  • Consumo excessivo de tabaco;
  • Uma má alimentação;
  • Ingestão exagerada de bebida alcoólica;
  • Falta de nutrientes necessários para o cérebro.

Podemos citar hoje vários remédios para memória que são eficazes. Medicamentos ou suplementos que contribuem para a saúde mental, combatendo os esquecimentos e fortalecendo a memória.

Exemplos

Entre os que estimulam o funcionamento do cérebro estão a Ritalina, o Piracetam, o Gingko Biloba, dentre outros.
  • Ritalina – Quando foi desenvolvido, visava atender somente crianças e jovens com déficit de atenção e hiperatividade. Hoje é muito consumido entre os adultos e idosos, apesar de ter sérios efeitos colaterais: falta de apetite, dores de cabeça, taquicardia, insônia, tremores, aumento da pressão arterial, ansiedade, pânico e até surtos psicóticos. A caixa com 60 comprimidos de 10 mg, custa em torno de R$ 80,00.

  • Piracetam – Visa melhorar as funções cerebrais. É uma substância que estimula o cérebro e age direto no sistema nervoso central, melhorando as capacidades mentais. É comercializado em caixas com 30 comprimidos de 800 mg, e tem custo médio de R$ 35,00. Tem como efeitos colaterais dores de cabeça, fadiga, e com menos freqüência, ganho de peso.

  • Gingko Biloba – considerado um bom remédio para memória, é um suplemento natural que tende a aumentar a circulação sanguínea, melhorando a troca de informações entre os neurônios. Processo fundamental para a memória. Por conter terpenóides e bioflavonóides, diminuem a velocidade do envelhecimento do cérebro. Um frasco com 60 cápsulas custa por volta de R$ 23,00.

Vale lembrar que remédio para memória farmacêutico precisa de indicação médica. Os naturais podem ser adquiridos sem receita.

Comprovado
Como melhor opção e com resultados extremamente positivos, recomendamos o Opti Memor+, também chamado de Opti Memory. Recomendado também para quem deseja somente melhorar seu desempenho mental.

remédio para memória fraca

O Opti Memor+ é um suplemento natural e que não traz efeito colateral. Em estudos realizados, resguardados as diferenças de resultados de pessoa para pessoa, quem ingeriu o Opti Memor+, mostrou uma melhora significativa na capacidade de lembrar e memorizar coisas.

E esse pode ser considerado o principal benefício desse suplemento: o aumento da memória. Também podemos citar o aumento de inteligência, da velocidade de raciocínio e o aumento do foco e da concentração.

Além de tudo isso, um ganho considerável na disposição é adquirido com o consumo desse remédio para memória.

Confira tudo

Relatos de quem usou remédio para memória

Segundo relato da Janete, de 60 anos, de Louveira / SP, ainda na primeira semana já percebia alteração no seu dia a dia. “Às vezes eu ficava perdida, sem saber o que fazer. Depois que comecei tomar Opti Memory, fiquei mais atenta às coisas”.


Carlos, também do interior de São Paulo, de Indaiatuba, de 20 anos, comemora: “Hoje consigo escrever e ler mais rápido. Meu nível de entendimento também melhorou. O consumo me ajudou demais no vestibular. Tive maior fixação de informações durante os estudos”.

Quanto custa e onde comprar

O frasco com 60 cápsulas tem um custo aproximado de R$ 89,00. Pode ser adquirido pela internet, no site oficial e em sites confiáveis.

Adicionar Comentário

Click here to post a comment

Bem Vindo ao Portal

Sejam bem vindos ao Coitadinha, Bem Feito! e quem vos escreve sou eu, Fabi Lima, autora e escritora do site. :)

Acompanhe meus posts com dicas exclusivas sobre saúde e bem estar e, caso tenha alguma dúvida, contate-me.